A boca do Recém-Nascido

Normalmente os bebês nascem sem dentes e possuem gengivas resistentes que serão importantes para realizar a amamentação.

Porém, como já falamos aqui em outra postagem, é possível que o bebê já nasça com algum dentinho. O que não será um problema, desde que não esteja prejudicando a amamentação ou amolecido (com risco de cair e ser engolido ou aspirado pelo bebê).

Também é relativamente comum a presença de pontinhos brancos na gengiva e no céu da boca dos bebês. Esses pontinhos podem ser confundidos com dentes, mas na verdade são pequenos cistos que surgem durante o desenvolvimento do feto.

Esses cistos são benignos e não causam dor. Na grande maioria dos casos nenhum tratamento é necessário, a não ser que o cisto esteja dificultando a amamentação ou fique infeccionado.

Com o crescimento do bebê esses cistos tendem a sumir. Geralmente desaparecem nos primeiros 3 meses de vida.

Outra alteração que pode estar presente é a chamada língua presa, quando o freio que segura a língua é muito curto. Essa questão precisa ser avaliada com cuidado, pois nem toda língua com freio curto precisa de tratamento. No caso dos bebês o tratamento é necessário quando essa condição está prejudicando ou até mesmo impedindo que a criança realize a amamentação (esse caso geralmente já é observado e diagnosticado na maternidade).